Falando do S.M. Murtoense.

Domingo, 6 de Setembro de 2009
S.M. Murtoense, 1984/85 — Reviver

Tino;

 

Vítor Couto, Chico Simões, Laurindo (cap.), & Azevedo;

 

Jorge, Vigário, & Paulo Valente;

 

Vítor Nunes, Quim Naia, & Zé Baptista.

 

 

Outros (9): — Vasconcelos GR, Paulo "Meszaros" Couto GR; Daniel [não jogou por lesão] DC; Erasmo MC, Hélder [creio que era o seu nome, vindo a meio da época, ex-Pinheirense] MO, Octávio MO; Quim Baptista ED, Edgar PL, Domingos [ou "Domingos Stique"] PL.

 

Treinador: — Octávio Almeida (que era treinador/jogador).

 

 



publicado por Filipe às 08:26
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008
Da Vila da Feira com carinho

O Clube Desportivo Feirense e a Murtosa, para não dizer o S.M. Murtoense, não são completamente estranhos. Em tempos já idos, um dos jogadores mais emblemáticos no historial do C.D. Feirense, Henrique Nunes da Silva, então conhecido somente por Henrique, foi professor de educação física aqui mesmo no concelho da Murtosa. O establecimento escolar onde ele trabalhou era o antigo Ciclo Preparatório da Murtosa, que ficava a uns cento e poucos metros da porta de entrada para o nosso Estádio.

Nessa altura em que o Henrique Nunes foi professor no Ciclo Preparatório da Murtosa, o Feirense passou pela 1.ª Divisão Nacional, sendo essa a segunda vez em que o clube da antiga Vila da Feira esteve entre os grandes do nosso futebol. Estamos falando de 1977/78, portanto há 31 anos. Esse C.D. Feirense alinhava tipicamente assim: Pinto; Babalito, Brito, Seminário e Sobreiro; Zequinha, Parra «cap.» e Henrique (jogos: 23 a titular, 3 a suplente; 2 golos); José Domingos (4 golos), Cipó (2 golos) e Serginho (14 golos). Também fizeram parte dessa equipa os seguintes jogadores: Silva Morais (GR), Rasteiro (GR, não utilizado), Portela (LD), Cândido (DC), Leão (D/M), Gilberto (D), Acácio (M), Ramalho (M), Lino (M), Ezequiel (M), José Pedro (AV, 1 golo), Bites (AV, 1 golo), Coelho (AV). Como treinadores houve os seguintes: Eduardo González (da 1.ª à 3.ª jornada), Licínio Milheiro (4.ª jornada) e Prof. João Mota (da 5.ª à 28.ª jornada). Foi uma época difícil para o Feirense, em termos de resultados, mas foi uma experiência sumamente importante na carreira da grande maioria desses jogadores, especialmente dos que vestiram a camisola feirense na grande maioria das suas carreiras.

Mas acima de tudo há que lembrar aqui que, pelo menos, dois antigos jogadores de futebol de onze do S.M. Murtoense foram alunos do Henrique Nunes. Estou-me referindo ao Paulo Valente, médio, e ao Fernando Ferreira, guarda-redes. Há um terceiro, Vítor Nunes, que também creio que tenha sido aluno do Henrique Nunes, mas não tenho a certeza absoluta. Portanto, bem-vindo o Clube Desportivo Feirense, hoje na sua versão «feminina» ao nosso Estádio!


sinto-me:

publicado por Filipe às 21:01
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008
Sport Marítimo Murtoense, 1983/84

Nem tudo correu bem, mas não houve arrependimentos!

Depois de uma jornada espetacular, que foram os eventos da inauguração do Estádio Municipal da Murtosa a 14 de Agosto de 1983, começava a primeira época oficial para a equipa sénior do S.M. Murtoense. Ainda houve que esperar umas semanas para a 1.ª jornada da 3.ª Divisão Distrital de Aveiro. Mas o momento acabou chegando e com ele, finalmente, tínhamos futebol federado no nosso Concelho.

Contudo, cedo se verificou que a formação do Sport Marítimo Murtoense não tinha o traquejo necessário para tais andanças, ainda que fosse só a nossa 3.ª divisão distrital. E como alguns temiam, o S.M. Murtoense começou mal, continuou quase sempre mal e acabou, também, mal. Foi uma época onde pouco de positivo, em matéria de resultados, se veio a verificar.

Mas nem tudo se mede pelos resultados obtidos no terreno de jogo, nem dessa forma deve ser. A equipa possuía uma boa dose de talento, assim como alguma juventude. Está certo que apesar de ter terminado nos últimos lugares, o S.M. Murtoense ganhou grande experiência com essa primeira aventura. Para além da experiência no que respeita ao futebol, a divulgação do nome “Murtosa”, assim como do nome do nosso Clube, pelas terras do nosso distrito foi sobremaneira positiva.

Para muitos era pensado, e esperado, que o S.M. Murtoense lutaria por um lugar no meio da tabela com essa equipa que conseguiu formar para a sua época de estreia. Isso não aconteceria, e tão distante ficou que até se chegou a pensar que o S.M. Murtoense teria que formar uma equipa toda nova para a época seguinte para poder competir nas andanças dos campeonatos distritais. Vou recordar um jogo que foi um microcosmo da época realizada pelo S.M. Murtoense. Esse jogo foi no Estádio Municipal da Murtosa contra a equipa do São Vicente de Pereira, que nem era um dos primeiros classificados da prova. O S.M. Murtoense mostrou a sua luta, entrega e vontade de competir, enquanto que o São Vicente de Pereira controlou o marcador e acabou controlando a 2.ª parte, quase a seu bel-prazer. O S.M. Murtoense perdeu o desafio por uns três ou quatro golos de diferênça, mas o que de mais saliente se viu foi que o guarda-redes da equipa visitante passou toda a segunda parte, na baliza do lado das terras baixas da Saldida (sul), como um mero espectador.

Mas tudo iria ser reestruturado para a época seguinte. Para treinador, foi contratado Octávio Almeida, mais conhecido por somente “Octávio”, que iria desempenhar a dupla função de treinador/jogador. O Octávio havia sido jogador do vizinho C.D. Estarreja, entre outros, e que também tivera uma passagem pelo Boavista. O Octávio trazia consigo um excelente currículo futebolístico para ser o homem a quem foi dado o commando dos destinos da nossa equipa.

Na reestruturação da equipa do Sport Marítimo Murtoense para a época de 1984/85, mantevesse no plantel nomes como Domingos, também conhecido por “Stique”, Zé Baptista, Vigário, Vasconcelos, que era o guarda-redes, Paulo Valente, Laurindo, entre outros. Para preencher as saídas, contrataram-se jogadores de grande importância como o Chico Simões, que iria colmatar a perda do defesa-central Daniel, que havia sofrido lesão grave no futebol de salão, o Jorge, o Quim Naia, o Vítor Nunes e o guarda-redes Tino, vindo do vizinho Pinheirense, ainda que, este último, tenha chegado já com o campeonato por volta da 3.ª jornada.

Os resultados seriam muito diferentes, para melhor, como era de esperar, do que haviam sido na época de estreia, 1983/84. Mas há que lembrar que só não se verificou um sucesso completo por causa do incidente – de tão má memória – que ocurreu no nosso Estádio na recepção ao Soutense.


sinto-me:

publicado por Filipe às 21:07
link do post | comentar | favorito
|

Pesquisar Neste Blog:
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Links:
Fazer olhinhos
posts recentes

S.M. Murtoense, 1984/85 —...

Da Vila da Feira com cari...

Sport Marítimo Murtoense,...

Arquivos:

Setembro 2009

Maio 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Setembro 2005

Junho 2005

Outubro 1990

Junho 1985

tags

1.º Dezembro

1926

1977-78

1983-84

1984-85

2004-05

2005

2006

2007-08

2008-09

a.f. aveiro

adiamento

afa1ªdf

amigável

ana santos

ana sousa

aquisições

beira mar

boavista

calendário

carina

catarina baptista

clube: arc várzea

clube: beira mar de almada

clube: boavista

clube: clube albergaria

clube: escola de molelinhos

clube: feirense

clube: fermentelos 's.c.

clube: gândaras rcs – lousã 'c.a.

clube: mourisquense 'u.d.

clube: su 1.º dezembro

cnf1ªd

comp.: campeonato da europa

convocatória

débora

emblema

esquerdinha

estádio

estarreja

ficha alheia

ficha-smm

historial

histórico

idade: sub-19

joana azevedo

jogos amigáveis

josé augusto

luciana

maria

monte.real

murtoense

nome: fernando ferreira

nome: henrique nunes

nome: paulo valente

nome: vítor nunes

notícias

obras

paula cristina

pisca

plantel

prognóstico

raquel pessoa

resultados

reviver

saldida fm

sandra silva

sede do smm

sel.: ilhas faroé

sel.: portugal

sel.: ucrânia

selecção

smm de newark

sn: catarina sousa

susan

t.d.aveiro-fem

t.p.-fem

taça de portugal

treino

uefa

várzea

todas as tags