Falando do S.M. Murtoense.
Terça-feira, 30 de Setembro de 2008
S.M. Murtoense – C.D. Feirense, 4-3

Jogo amigável, 28-Set-2008 (Domingo, 16h00).

Estádio Municipal da Murtosa, Murtosa.

[o resto dos elementos da ficha do jogo não estão disponíveisse, por acaso tiver dados que possa enviar para completar a ficha deste jogo, pode deixá-los em "comentar", na parte baixa deste post].

 

A equipa sénior feminina do C.D. Feirense veio à Murtosa para realizar um encontro amigável contra a congénere do S.M. Murtoense. A calendarização deste jogo teve a ver com o interregno das provas nacionais devido aos compromissos das nossas Selecções Nacionais, a «A» e a «Sub-19».

Este jogo serviu, acima de tudo, para dar minutos de jogo – e rodagem – às jogadoras geralmente menos utilizadas nos jogos oficiais. Também podemos dizer que jogos deste tipo – amigáveis – dão geralmente a oportunidade à equipa, no que respeita a cada um dos seus elementos, de expressar o seu futebol mais à vontade. Também, este encontro serviu ao quadro técnico da nossa equipa para explorar outras soluções, ou opções, para futuros jogos oficiais.

Quanto ao jogo em si, o S.M. Murtoense teve sempre o maior ascendente no jogo, e é muito provável que também tenha tido mais tempo de posse de bola que o adversário. Contudo, foram cometidos erros, de aqueles que são inadmissíveis em jogos oficiais, os quais resultaram em tão grande aproveitamento ofensivo por parte da turma feirense.

Em suma, algumas das nossas jogadoras realizaram exibições abaixo do seu verdadeiro potencial. Por sua vez, a equipa do Feirense apresentou um onze que primava pela juventude, e que mostrou assinalável potencial. A equipa de Santa Maria da Feira mostrou sempre uma grande entrega na disputa de cada um dos lances. Talvez por todos esses factores, se viu sete golos neste jogo, repartidos em partes quase iguais pelas equipas intervenientes.

Um muito obrigado à equipa sénior feminina do Clube Desportivo Feirense pela visita à nossa terra, e pelo encontro que connosco disputaram.



publicado por Filipe às 20:57
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008
Portugal – Ilhas Faroé, 1-0 («fem. – Sub-19»)

1.ª Fase de qualificação para o Campeonato da Europa Feminino Sub-19, 2.ª Jornada, 28-Set-2008 (Sábado, 16h00).

Complexo Desportivo João Cardoso, Tondela.  Árbitra: Marija Damjanovic (Croácia). Golos: 1-0 Mélissa Antunes (37’).

Portugal «fem.– Sub-19»: Patrícia Morais; Carolina Silva, Regina Pereira, Maria Nantes, Amélia Pereira (Elsa Ventura 58’), Cristina Gonçalves (Inês Cruz 46’), Dolores Silva, Mélissa Antunes «cap.», Filipa Mendes, Anita (Carla Vanessa 73’) e Ana Borges. Suplentes não utilizadas: Raquel Miranda, Irina Martins, Laura Luís e Daniela Alves. Treinadora: Mónica Jorge.

Ilhas Faroé «fem. – Sub-19»: Olga Olsen; Eina Kalso, Elin Holm, Kristinbjorg Frederiksberg, Jeanett Holm (Rakul Jógvansdóttir 46’), Bára Bertelsen, Steintóra Joensen «cap.» (Lisa Lida 75’), Fridrun Dnielsen, Olga Hansen, Sigrid Jacobsen (Lillian Dalsgaard 46’) e Rosa Magnussen. Suplentes não utilizadas: Sunneva Magnussen, Mariann Hansen, Vár Jenny Lydersen e Mona Breckmann. Treinador: Bjorn Krog.

 

 

Texto, sem alterações, retirado de www.fpf.pt/

Sub-19 lusas vencem

Domingo, 28 Setembro 2008

 

A Selecção Nacional Feminina Sub-19 defrontou este domingo a sua congénere das Ilhas Faroé, em Tondela, num encontro a contar para a segunda jornada da primeira fase de qualificação para o Europeu da categoria.

“Vitória justa com algum azar pelo meio”

A equipa comandada por Mónica Jorge venceu pela margem mínima a sua adversária de hoje graças a um golo de Mélissa Antunes aos 37 minutos – remate à entrada da área –, no entanto a formação lusa dispôs de inúmeras oportunidades para marcar atirando, inclusive, várias bolas aos postes e à barra.

Portugal já vencia quando viu, num mesmo lance, a bola embater no poste duas vezes consecutiva. Este lance espelha bem “um pouco de azar que a equipa teve”, explicou Mónica Jorge que acrescentou ter-se tratado de “um jogo em que vencemos com toda a justiça, pese a infelicidade que tivemos em vários lances que poderíamos ter marcado. Penso nunca ter visto um jogo assim, com tantas bolas a baterem nos postes e na trave. Exercemos um domínio total no jogo e apenas em lances de contra-ataque as Ilhas Faroé conseguiram criar, em duas ocasiões, trabalho à nossa guarda-redes. As nossas adversárias, muito fortes fisicamente, jogaram num bloco muito recuado e isso dificultou-nos as trocas de bola e os nossos intuitos de trocar bem a bola pelo chão. Mostrámos ainda algumas debilidades nos lances de bola pelo ar e no sector defensivo. Vamos ter de melhorar esses aspectos. A nossa defesa Maria Nantes terminou o jogo com alguns problemas musculares, por se ter tratado de um jogo que exigiu muito das nossas atletas para contrariar o poderio físico das adversárias”, explicou a Seleccionadora.

 

Noruega qualificada. Derradeira jornada na quarta-feira. A Equipa das Quinas volta a entrar em acção no dia 1 de Outubro (quarta-feira), pelas 16h00, no Estádio Municipal de Nelas, diante da formação norueguesa que esta tarde goleou, 6-0, a formação romena, garantido assim o apuramento para a segunda fase de qualificação com seis pontos. A Roménia defronta as Ilhas Faroé, também no dia 1 de Outubro, pelas 16h00, no Estádio Municipal de Mangualde.


sinto-me:

publicado por Filipe às 19:54
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 28 de Setembro de 2008
Ucrânia – Portugal, 1-1 («fem.»)

Qualificação para o Campeonato da Europa Feminino Finlândia 2009, 8.º jogo, 27-Set-2008 (Sábado, 19h00, hora local). Estádio Yurii Gagarin, Chernigov (Ucrânia). Árbitra: Bibiane Steinhaus (Alemanha). Golos: 1-0 Soukhoroukova (6’), 1-1 Edite Fernandes (45+1’).

Ucrânia «fem.»: 12–Nadezhda Baranova; 17–Darina Apanaschenko, 3–Tetyana Chorna, 9–Vera Djatel, 10–Svitlana Frisco (8-Olga Boychenko 76‘), 4–Valentyna Kotyk, 16–Alla Lishafai, 2–Olena Mazurenko, 6–Lyudmyla Pekur, 18–Nataliya Soukhoroukova (11-Nataliya Zinchenko 55‘), 14–Yuliya Vashchenko (22-Iryna Vasylyuk 90‘). Suplentes não utilizados: 1–Iryna Zvarich, 15–Lyudmyla Lemeshko, 19–Maryna Mahaska e 21–Yulya Korniyevets. Treinadora: Anatoliy Kutsev.

Portugal «fem.»: 1–Neide Simões; 8–Edite Fernandes, 18–Ana Raquel Henriques Valinho, 5–Sónia Patrícia Pereira Matias, 13–Sofia Cristina Rodrigues Vieira (11–Liliana Maria Pereira Martins 87‘), 4–Ana Rita Gomes, 10–Cláudia Neto, 9–Carla Couto, 6–Sílvia Maria Nunes Brunheira (7–Daniela Ferreira da Costa Veloso 90‘), 3–Kimberly Maria Brandão, 17–Emily Alves da Cunha [“Lima“ ?] (16–Sílvia Marisa Garcia Rebelo 90‘). Suplentes não utilizadas: 12–Jamila Marreiros, 2–Catarina Sousa, 15–Sara Santos, 14–Rita Oliveira. Treinador: Carlos Sacadura.

 

FASE DE QUALIFICAÇÃO

14-Abr-2007: (na) Eslováquia, 1-2, D

06-Mai-2007: (na) Escócia, 0-0, E

27-Out-2007: (na) Dinamarca, 1-5, D

16-Fev-2008: (cá) Eslováquia, 0-1, D

21-Fev-2008: (cá) Ucrânia, 0-1, D

03-Mai-2008: (cá) Escócia, 1-4, D

08-Mai-2008: (cá) Dinamarca, 0-4, D

27-Set-2008: (na) Ucrânia, 1-1, E

 

CLASSIFICAÇÃO (Grupo 5 — jogos & pontos)

[será actualizada quando o último jogo se realizar]

1.º – Ucrânia, 7 & 19

2.º – Dinamarca, 7 & 18

3.º – Escócia, 8 & 10

4.º – Eslováquia, 8 & 6

5.º – Portugal, 8 & 2

 

Texto, sem alterações, retirado de www.fpf.pt/

Empate fecha qualificação

Sábado , 27 Setembro 2008

 

A Selecção Nacional Feminina A terminou, este Sábado, a sua participação na fase de qualificação para o Campeonato da Europa Finlândia2009 com um empate a uma bola frente à Ucrânia.

Com o mesmo espírito de vitória, as atletas lusas entraram em campo decididas a marcar cedo e a ganhar alento para uma boa prestação. Porém, o primeiro golo acabaria por pertencer à formação ucraniana, confirmando o estatuto de favorita com que havia partido para o encontro.

O golo madrugador - Nataliya Soukhorukova conseguiu surpreender a guardiã lusa aos seis minutos - não refreou as investidas lusas que foram aumentando à medida que o cronómetro avançava. Ainda antes do apito final do primeiro tempo, a Equipa das Quinas ganha nova esperança, quando Edite Fernandes repõe a igualdade no marcador.

O empate a uma bola manter-se-ía até ao final da partida, obrigando a Ucrânia a vencer a próxima partida, frente à segunda classificada Dinamarca, já na próxima quarta-feira, para garantir o apuramento directo para a fase final do Europeu.

 

Resultado justo

Carlos Sacadura, que acompanhou a Selecção Nacional Feminina A nesta deslocação à Ucrânia, acredita que o resultado obtido espelha a corrente do jogo. "O resultado é, sem dúvida, justo, até porque, por diversos momentos, controlámos o jogo. Levámos de cá um empate e algumas lições, porque há, ainda, alguns problemas com o futebol aéreo", disse.

O Treinador Assistente faz um balanço positivo, no que toca às expectativas para a partida e à prestação das atletas lusas. " De forma geral, posso dizer que saímos de cá satisfeitos. Tendo em conta que defrontámos a primeira classificada do grupo, o empate é positivo, porque corresponde a uma melhoria na prestação e contribui para a auto-estima das jogadoras", concluiu.



publicado por Filipe às 21:19
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008
Da Vila da Feira com carinho

O Clube Desportivo Feirense e a Murtosa, para não dizer o S.M. Murtoense, não são completamente estranhos. Em tempos já idos, um dos jogadores mais emblemáticos no historial do C.D. Feirense, Henrique Nunes da Silva, então conhecido somente por Henrique, foi professor de educação física aqui mesmo no concelho da Murtosa. O establecimento escolar onde ele trabalhou era o antigo Ciclo Preparatório da Murtosa, que ficava a uns cento e poucos metros da porta de entrada para o nosso Estádio.

Nessa altura em que o Henrique Nunes foi professor no Ciclo Preparatório da Murtosa, o Feirense passou pela 1.ª Divisão Nacional, sendo essa a segunda vez em que o clube da antiga Vila da Feira esteve entre os grandes do nosso futebol. Estamos falando de 1977/78, portanto há 31 anos. Esse C.D. Feirense alinhava tipicamente assim: Pinto; Babalito, Brito, Seminário e Sobreiro; Zequinha, Parra «cap.» e Henrique (jogos: 23 a titular, 3 a suplente; 2 golos); José Domingos (4 golos), Cipó (2 golos) e Serginho (14 golos). Também fizeram parte dessa equipa os seguintes jogadores: Silva Morais (GR), Rasteiro (GR, não utilizado), Portela (LD), Cândido (DC), Leão (D/M), Gilberto (D), Acácio (M), Ramalho (M), Lino (M), Ezequiel (M), José Pedro (AV, 1 golo), Bites (AV, 1 golo), Coelho (AV). Como treinadores houve os seguintes: Eduardo González (da 1.ª à 3.ª jornada), Licínio Milheiro (4.ª jornada) e Prof. João Mota (da 5.ª à 28.ª jornada). Foi uma época difícil para o Feirense, em termos de resultados, mas foi uma experiência sumamente importante na carreira da grande maioria desses jogadores, especialmente dos que vestiram a camisola feirense na grande maioria das suas carreiras.

Mas acima de tudo há que lembrar aqui que, pelo menos, dois antigos jogadores de futebol de onze do S.M. Murtoense foram alunos do Henrique Nunes. Estou-me referindo ao Paulo Valente, médio, e ao Fernando Ferreira, guarda-redes. Há um terceiro, Vítor Nunes, que também creio que tenha sido aluno do Henrique Nunes, mas não tenho a certeza absoluta. Portanto, bem-vindo o Clube Desportivo Feirense, hoje na sua versão «feminina» ao nosso Estádio!


sinto-me:

publicado por Filipe às 21:01
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008
O C.D. Feirense visita-nos

Este fim de semana, devido ao compromisso da Selecção Nacional, o campeonato vai parar. Contudo, a equipa do S.M. Murtoense vai aproveitar essa folga para disputar um encontro, de caracter particular, contra a formação do C.D. Feirense.

O jogo vai-se realizar no Domingo, dia 28 de Setembro de 2008, às 16h00 no Estádio Municipal da Murtosa.

Trata-se de uma boa oportunidade para ver a nossa equipa defrontar a equipa dum dos clubes mais emblemáticos da nossa região, que é o C.D. Feirense.


sinto-me:

publicado por Filipe às 12:36
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008
Escola FC de Molelinhos – S.M. Murtoense, 0-3

1.ª Divisão Nacional Feminina, 2.ª Jornada, 20-Set-2008 (Sábado, 17h05)

Parque de Jogos de Molelinhos, Molelos, Tondela.

Árbitra: Daniela Ribeiro Oliveira (Braga). Golos: 0-1 Esquerdinha (11’), 0-2 Marisa (58’), e 0-3 Esquerdinha (80’).

Escola FC de Molelinhos: 1-Neide, 4-Chica «cap.», 3-Sandrine, 9-Leila, 2-Mikas (15-Ana Rita 74'), 8-Andreia (13-Suely 46‘), 10-Tânia, 11-Ana, 7-Bábá, 5-Marta e 6-Catarina Bernardes. Suplentes não utilizadas: 14-Gabriela, 16-Eva e 17-Elsa. Treinador: Catarina Regalo.

S.M. Murtoense: 22-Ana Santos, 13-Ana Rita (9-Cassilda 80‘), 3-Rosa, 17-Ana Isabel «cap.», 5-Fátima (19-Jacinta 87‘), 10-Catarina, 6-Minga, 8-Kate, 15-Joana Vaz (14-Cláudia 67‘), 7-Esquerdinha e 18-Marisa. Suplentes não utilizadas: 2-Liliana e 4-Cátia. Treinador: Jorge Guimarães.



publicado por Filipe às 21:48
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008
Grande vitória em Molelinhos!

Em poucas palavras...

Simplesmente um resultado fantástico.  Não é todos os dias que se ganha fora de casa por tão larga margem!  Dando uma olhada à tabela de resultados através dos tempos, pude verificar que o S.M. Murtoense só ganhou fora de casa nas últimas duas épocas por três ou mais golos em duas ocasiões.  A mais recente dessas vitórias foi a 18 de Novembro de 2007, contra o Odivelas.  A outra foi a 11 de Setembro de 2005 contra o Escola FC de Molelinhos.  Ambos os resultados foram de quatro golos sem resposta.

Uma vitória assim tão decisiva ajuda sempre a elevar os níveis de confiança – porque não, de auto-confiança de cada uma das jogadoras da equipa (?) – da equipa.  Vamos a ver se esta vitória terá esses tais efeitos na nossa equipa.  Que assim seja!



publicado por Filipe às 06:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Terça-feira, 16 de Setembro de 2008
CNF1ªD — 1.ª Jornada

1.ª Jornada (jogada a 13/09/08)

S.M. Murtoense – Beira Mar de Almada, 0-0

ARC Várzea – Boavista, 1-1

SU 1.º Dezembro – Escola de Molelinhos, 6-0

.

Classificação:

1.º — SU 1.º Dezembro, 3 pts.

2.º — Boavista, 1

3.º — ARC Várzea, 1

4.º — Beira Mar de Almada, 1

5.º — S.M. Murtoense, 1

6.º — Escola de Molelinhos, 0

.

Próxima Jornada (a jogar a 20/09/08)

Escola FC de Molelinhos – S.M. Murtoense;

Boavista FC – SU 1.º de Dezembro;

Beira Mar de Almada – ARC Várzea

.

.

Comentário:

O S.M. Murtoense teve uma pobre estreia em termos de resultado final, claro. Como adversário, o S.M. Murtoense tinha pela frente uma equipa que tinha acabado de subir de divisão. No mínimo dos mínimos, esperava-se algum golo da equipa murtoense. Este resultado começa a acrescer a necessidade da equipa pontuar nas próximas jornadas para não começar a ficar para trás assim tão cedo.

Na próxima jornada a equipa do S.M. Murtoense vai-se deslocar a Molelos, para defrontar o Escola FC. Como sempre, este jogo vai ser muito difícil, até porque as nossas adversárias vêm duma pesadíssima derrota – 0-6 no terreno do SU 1.º de Dezembro –, e vão querer rectificar o tão mau resultado obtido.

Em termos positivos há que referir que a defesa do S.M. Murtoense não deixou o adversário marcar, mas isso, por si só, não chega. Há que marcar golos quando se joga na condição de equipa anfitriã.

Mas há que darmos os parabéns à equipa almadense. Foi para elas, as jogadoras do Beira Mar de Almada, uma boa entrada na 1.ª Divisão Nacional, o que pode lançar um bom começo de época. Se excluirmos na terceira jornada a visita à equipa sintrense do SU 1.º de Dezembro, formação extremamente forte, a equipa de Almada pode conseguir mais um par de resultados positivos até ao final da primeira volta, quinta jornada, que representa o primeiro quarto do campeonato. Uma coisa que este resultado parece sugerir é que entre o terceiro e o sexto lugar vai haver uma grande luta pela melhor classificação possível, talvez até à última jornada.



publicado por Filipe às 20:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008
S.M. Murtoense – Beira Mar AC de Almada, 0-0

1.ª Divisão Nacional Feminina, 1.ª Jornada, 13-Set-2008 (Sábado, 17h05)

Estádio Municipal da Murtosa, Murtosa.

Árbitra: Ana Sofia Soares Aguiar (Porto). Golos: Não houve.

S.M. Murtoense: 1-Ana Santos, 13-Rita (15-Joana Vaz 83‘), 19-Rosa, 17-Ana Isabel «cap.», 5-Fátima, 10-Catarina, 20-Minga, 8-Kate, 2-Mila (16-Cláudia 65‘), 7-Esquerdinha e 9-Cassilda. (11-Marisa 50‘). Suplentes não utilizadas: 24-Liliana e 14-Cátia. Treinador: Jorge Guimarães.

Beira Mar AC de Almada: 1-Sara, 2-Ana Ramalho (16-Sandra Marina 43’), 3-Nuria «cap.», 4-Maria João, 5-Mónica, 6-Cláudia, 7-Carla, 8-Tânia, 9-Rafaela (V 88’), 10-Martina e 11-Patrícia (14-Filipa 46’). Suplentes não utilizadas: 15-Helena, 17-Lara Matos e 18-Sandra Duarte. Treinador: João Casca.



publicado por Filipe às 09:41
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008
Sport Marítimo Murtoense, 1983/84

Nem tudo correu bem, mas não houve arrependimentos!

Depois de uma jornada espetacular, que foram os eventos da inauguração do Estádio Municipal da Murtosa a 14 de Agosto de 1983, começava a primeira época oficial para a equipa sénior do S.M. Murtoense. Ainda houve que esperar umas semanas para a 1.ª jornada da 3.ª Divisão Distrital de Aveiro. Mas o momento acabou chegando e com ele, finalmente, tínhamos futebol federado no nosso Concelho.

Contudo, cedo se verificou que a formação do Sport Marítimo Murtoense não tinha o traquejo necessário para tais andanças, ainda que fosse só a nossa 3.ª divisão distrital. E como alguns temiam, o S.M. Murtoense começou mal, continuou quase sempre mal e acabou, também, mal. Foi uma época onde pouco de positivo, em matéria de resultados, se veio a verificar.

Mas nem tudo se mede pelos resultados obtidos no terreno de jogo, nem dessa forma deve ser. A equipa possuía uma boa dose de talento, assim como alguma juventude. Está certo que apesar de ter terminado nos últimos lugares, o S.M. Murtoense ganhou grande experiência com essa primeira aventura. Para além da experiência no que respeita ao futebol, a divulgação do nome “Murtosa”, assim como do nome do nosso Clube, pelas terras do nosso distrito foi sobremaneira positiva.

Para muitos era pensado, e esperado, que o S.M. Murtoense lutaria por um lugar no meio da tabela com essa equipa que conseguiu formar para a sua época de estreia. Isso não aconteceria, e tão distante ficou que até se chegou a pensar que o S.M. Murtoense teria que formar uma equipa toda nova para a época seguinte para poder competir nas andanças dos campeonatos distritais. Vou recordar um jogo que foi um microcosmo da época realizada pelo S.M. Murtoense. Esse jogo foi no Estádio Municipal da Murtosa contra a equipa do São Vicente de Pereira, que nem era um dos primeiros classificados da prova. O S.M. Murtoense mostrou a sua luta, entrega e vontade de competir, enquanto que o São Vicente de Pereira controlou o marcador e acabou controlando a 2.ª parte, quase a seu bel-prazer. O S.M. Murtoense perdeu o desafio por uns três ou quatro golos de diferênça, mas o que de mais saliente se viu foi que o guarda-redes da equipa visitante passou toda a segunda parte, na baliza do lado das terras baixas da Saldida (sul), como um mero espectador.

Mas tudo iria ser reestruturado para a época seguinte. Para treinador, foi contratado Octávio Almeida, mais conhecido por somente “Octávio”, que iria desempenhar a dupla função de treinador/jogador. O Octávio havia sido jogador do vizinho C.D. Estarreja, entre outros, e que também tivera uma passagem pelo Boavista. O Octávio trazia consigo um excelente currículo futebolístico para ser o homem a quem foi dado o commando dos destinos da nossa equipa.

Na reestruturação da equipa do Sport Marítimo Murtoense para a época de 1984/85, mantevesse no plantel nomes como Domingos, também conhecido por “Stique”, Zé Baptista, Vigário, Vasconcelos, que era o guarda-redes, Paulo Valente, Laurindo, entre outros. Para preencher as saídas, contrataram-se jogadores de grande importância como o Chico Simões, que iria colmatar a perda do defesa-central Daniel, que havia sofrido lesão grave no futebol de salão, o Jorge, o Quim Naia, o Vítor Nunes e o guarda-redes Tino, vindo do vizinho Pinheirense, ainda que, este último, tenha chegado já com o campeonato por volta da 3.ª jornada.

Os resultados seriam muito diferentes, para melhor, como era de esperar, do que haviam sido na época de estreia, 1983/84. Mas há que lembrar que só não se verificou um sucesso completo por causa do incidente – de tão má memória – que ocurreu no nosso Estádio na recepção ao Soutense.


sinto-me:

publicado por Filipe às 21:07
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008
Estamos somente a 5 dias de mais um começo!

Como será desta vez?

Estamos novamente perante um campeonato de só seis equipas. Trata-se de um número muito reduzido de equipas para disputar uma prova nacional, com jornadas quasi-semanais, e que se estende por sete meses. Está certo que jogam vinte jogos, mas trata-se de uma rotina massadora ter que ver todas as equipas enfrentarem os cinco adversários em quatro ocasiões.

Falando dessas seis equipas, o SU 1.º de Dezembro continua a ser o grande favorito para arrecadar mais um título nacional. Em segundo temos que mencionar o Boavista, não só pelo seu historial na prova, mas mais pelo bom campeonato que fez na última época. No meio da tabela há que aglutinarmos o Escola Futebol Clube Molelinhos, a Associação Recreativa e Cultural da Várzea e o Sport Marítimo Murtoense, todos lutando pelo terceiro lugar. Esta previsão recai na regularida que estas três equipas vêm demonstrando nas últimas quatro ou cinco épocas. Quanto ao novo primodivisionário, o Beira Mar Atlético Clube de Almada – que por sinal até tem um emblema algo parecido com o emblema do S.M. Murtoense –, talvez até consiga fazer bons jogos e jogar bom futebol. Contudo, a experiência e qualidade das outras cinco equipas vão ser obstáculos muito duros para a turma almadense ultrapassar.

Que tudo corra pelo melhor e que o nosso futebol feminino progrida!


sinto-me:

publicado por Filipe às 21:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Pesquisar Neste Blog:
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Links:
Fazer olhinhos
posts recentes

S.M. Murtoense, 1984/85 —...

Jogadoras inscritas para ...

S.M. Murtoense – SU 1.º D...

S.M. Murtoense – SU 1.º D...

S.M. Murtoense – U.D. Mou...

O calendário de jogos da ...

Boavista – S.M. Murtoense...

CNF1ªD — 9.ª Jornada

S.C. Fermentelos – S.M. M...

Vencer as boavisteiras em...

ARC da Várzea – S.M. Murt...

CNF1ªD — 8.ª Jornada

S.M. Murtoense – Clube Al...

C.A. Gândaras RCS – S.M. ...

Arquivos:

Setembro 2009

Maio 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Setembro 2005

Junho 2005

Outubro 1990

Junho 1985

tags

1.º Dezembro

1926

1977-78

1983-84

1984-85

2004-05

2005

2006

2007-08

2008-09

a.f. aveiro

adiamento

afa1ªdf

amigável

ana santos

ana sousa

aquisições

beira mar

boavista

calendário

carina

catarina baptista

clube: arc várzea

clube: beira mar de almada

clube: boavista

clube: clube albergaria

clube: escola de molelinhos

clube: feirense

clube: fermentelos 's.c.

clube: gândaras rcs – lousã 'c.a.

clube: mourisquense 'u.d.

clube: su 1.º dezembro

cnf1ªd

comp.: campeonato da europa

convocatória

débora

emblema

esquerdinha

estádio

estarreja

ficha alheia

ficha-smm

historial

histórico

idade: sub-19

joana azevedo

jogos amigáveis

josé augusto

luciana

maria

monte.real

murtoense

nome: fernando ferreira

nome: henrique nunes

nome: paulo valente

nome: vítor nunes

notícias

obras

paula cristina

pisca

plantel

prognóstico

raquel pessoa

resultados

reviver

saldida fm

sandra silva

sede do smm

sel.: ilhas faroé

sel.: portugal

sel.: ucrânia

selecção

smm de newark

sn: catarina sousa

susan

t.d.aveiro-fem

t.p.-fem

taça de portugal

treino

uefa

várzea

todas as tags